CEMPRE INFORMA MAIS

Cempre recebe prêmio “Betinho de Democracia e Cidadania”

No dia 8 de agosto, o Cempre recebeu o prêmio “Betinho de Democracia e Cidadania”, criado pela Câmara Municipal de São Paulo para homenagear entidades que promovem ações em prol do respeito e da dignidade humana. O reconhecimento destaca a atuação do Cempre junto aos catadores no sentido de valorizar sua participação na cadeia de reciclagem, ampliar a formação de cooperativas, aprimorar sua capacitação e levar à melhoria de suas condições de trabalho e renda.

A inscrição no prêmio “Betinho de Democracia e Cidadania” é aberta a organizações da sociedade civil sem fins lucrativos que desenvolvem atividades, programas e projetos de enfrentamento da fome, exclusão, miséria e violência e outras práticas de luta pela cidadania no município de São Paulo. O prêmio, instituído em 1997, é uma homenagem ao sociólogo Herbert de Souza, o Betinho, falecido em 9 de agosto de 1997, articulador da maior campanha contra a fome já feita no país: a Ação da Cidadania contra a Fome, a Miséria e pela Vida. 

Dezoito instituições concorreram à premiação neste ano. A Fundação Itaú Social e a Escola de Governo de São Paulo – Associação Instituto de Política e Formação Cidadã (IPFC) receberam menção honrosa. A Comissão Julgadora foi composta por representantes da Associação Brasileira das Organizações Não Governamentais (ABONG), da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil, da Associação Juízes para a Democracia, da Ação da Cidadania contra a Miséria e pela Vida e do Teatro Popular União e Olho Vivo.

“Nós usamos o critério de escolher pela abrangência do projeto, depois o diferencial, ou seja, a forma com a qual o trabalho é aplicado. Estes são os critérios de maior relevância para se chegar ao ganhador”, informou Gilson Mendes, da ONG Ação da Cidadania contra a Miséria e pela Vida. Nos três últimos anos, os vencedores do prêmio “Betinho de Democracia e Cidadania” foramo Núcleo Salus Paulista - Associação Para a Saúde (2011), a Associação Caminho das Artes Casa Fora do Eixo São Paulo (2012) e o Teatro Popular União e Olho Vivo (2013).

Voltado à gestão integrada de resíduos sólidos urbanos, o Cempre desenvolve o programa "Cooperar Reciclando Reciclar Cooperando" desde 2005 em todo o país. Ao receber a premiação, Aline Paschoalino, analista de projetos do Cempre, falou sobre o trabalho da associação desde sua fundação, em 1992. “Nossa missão, além da parte de educação ambiental, é focada em cooperativas de trabalhadores de materiais recicláveis, com a doação de equipamentos, capacitações e palestras sobre saúde e segurança. Já atendemos mais de 140 cooperativas, num total de mais de 4 mil trabalhadores”, explicou. Em 2014, o número de cooperativas atendidas pelo programa praticamente triplicou, com o apoio das associadas do Cempre.