CEMPRE INFORMA MAIS

Cempre prestigia a realização da Expocatadores 2014

Quatro anos após sua promulgação, a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) vem, efetivamente, aproximando os diversos atores envolvidos na cadeia produtiva da reciclagem, dentro do conceito de responsabilidade compartilhada. Nesse sentido, vem ganhando força o reconhecimento da importância dos catadores – como prova o sucesso crescente da Expocatadores que, em sua quinta edição, reuniu, entre os dias 1 e 3 de dezembro, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo (SP), aproximadamente 4 mil catadores do Brasil e de outros países latino-americanos, com delegações de Honduras, El Salvador, Panamá, Guatemala, Venezuela, Colômbia, Equador, Peru, Argentina e Uruguai.

O presidente do Cempre, Victor Bicca, participou da abertura do evento, ao lado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do prefeito de São Paulo Fernando Haddad. O acordo setorial de embalagens foi tema de debates nos três dias do encontro e os catadores reforçaram a importância da Coalizão Embalagens que está na reta final com a conclusão da consulta pública. O ex-presidente Lula, responsável pela sanção da PNRS, exaltou o caminho construído pelo Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis: “Houve um tempo em que era mais fácil olhar para um catador de papel e achá-lo desprezível. Vocês foram transformados em atores políticos, entenderam que a profissão de vocês não é menor que nenhuma outra.”

O Cempre prestigiou o evento com um estande que teve intensa visitação de prefeituras e cooperativas de catadores. Foram recebidas ainda autoridades como o ex-presidente Lula que agradeceu o empenho do Cempre na organização das ações do setor empresarial. Além disso, diversos associados do Cempre participaram da Expocatadores com estandes próprios. “A parceria com os catadores é essencial para o sucesso do modelo proposto pelo Cempre que vem sendo reconhecido também fora do Brasil como ocorreu recentemente durante a 69ª Assembleia Geral das Nações Unidas”, comentou Victor Bicca.

Os Correios lançaram oficialmente o “Selo Personalizado Catadores de Materiais Reciclados” e fizeram a entrega de seis mil unidades ao MNCR. No encerramento, a presidente Dilma Rousseff reafirmou o compromisso do governo federal com os catadores e a população de rua. O Prêmio Cidade Pró-Catador, que reconhece experiências vitoriosas nas cidades brasileiras, foi entregue aos municípios de Londrina (PR), Brazópolis (MG), Santa Cruz do Sul (RS) e Manhumirim (MG). “Vocês trabalham no que é descartado, no que é passado, mas também na possibilidade de construir um futuro melhor. Por isso, digo que vocês são os Catadores de Futuro”, enfatizou Dilma.

A Expocatadores 2014 também proporcionou diversos encontros entre catadores, poder público e especialistas sobre temas como economia solidária, estruturação de cooperativas, sistemas de coleta seletiva, fim dos lixões, inclusão social dos catadores, educação financeira, direitos humanos, incineração, cooperativismo e o programa federal Cataforte III, de incentivo e fortalecimento das cooperativas.

A feira de negócios apresentou tecnologias e serviços disponíveis para todas as etapas de tratamento dos resíduos sólidos. “Os resultados foram muito positivos. Cerca de 30% dos expositores fecharam parcerias para 2015”, afirmou Carlos Militelli, CEO da empresa responsável pela organização da feira. A receita gerada nos três dias foi de cerca de R$ 50 milhões e deve alcançar R$ 100 milhões no longo prazo.

Para saber mais: http://www.expocatadores.com.br